A dívida dos clubes perante a União – 2013/2015

Em meio a debates acerca da aprovação de uma Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, ontem a presidente Dilma vetou o artigo 141 da Medida Provisória 656 que propunha, sem qualquer contrapartida, o refinanciamento em 240 meses da dívida dos clubes de futebol. O Bom Senso FC celebrou a iniciativa, pois a inclusão do procedimento numa MP sem qualquer relação com o futebol foi enxergada como manipulação, visando o claro benefício dos integrantes da “Bancada da Bola” no Congresso Federal.

Hoje, a Folha de S.Paulo divulgou relatório da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) que mensura o tamanho da dívida dos 12 maiores clubes brasileiros perante a União. O levantamento – que exclui dívidas bancárias e com fornecedores, impostos estaduais e municipais – pode ser enxergado como uma fotografia dos maiores devedores do Brasil no mês de janeiro de 2015.

Porém no ano passado, o portal UOL (do grupo da Folha) divulgou o mesmo levantamento, à época se referindo ao período dezembro-2013/julho-2014. Com base nestas informações, o Blog Teoria dos Jogos compilou os números e elaborou uma tabela que traz à tona quais clubes vem melhor administrando suas dívidas. E quem são aqueles que se deixam conduzir por dirigentes pouco afeitos à responsabilidade no trato das finanças.

Fig 01

 

O líder da estatística é o Atlético-MG, com nada menos que R$ 282,6 milhões em dívidas federais. Trata-se de um número assombroso em se tratando de um clube cujo teto de receitas se encontra na casa dos R$ 230 milhões – o que o Galo faturou em 2013, melhor ano de sua história. Mais assustador é o fato de a dívida do Atlético ter subido 126,67% justamente de 2013 para 2014, sem que o clube tenha contraído dívidas pesadas, como quando se constrói um estádio próprio. Do ano passado para cá, a variação foi de 3,9%.

O segundo colocado é também o maior exemplo a ser seguido. Capitaneado por executivos que abandoaram a filosofia perdulária de anos anteriores, o Flamengo deve R$ 241,3 milhões, mas a dívida se mostra absolutamente controlada e em viés de queda.  A redução de 4,62% (2014 para 2015) sucedeu o estancar da sangria no exercício anterior, configurando também a maior amortização de dívida verificada no período.

O terceiro colocado, Botafogo, deve R$ 219,9 milhões, tendo merecido análise própria neste espaço há alguns meses. O Corinthians (R$ 186,5 milhões) ultrapassou o Fluminense (R$ 172,8 milhões) e apresentou o maior aumento em termos absolutos: R$ 44,5 milhões de 2014 para cá. O fato pode ser atribuído à construção da Arena de Itaquera, que fará com que o clube tenha que desembolsar nada menos que R$ 100 milhões até o meio do ano. De qualquer maneira, é bom ficar de olho na explosão da dívida Tricolor, que subiu inacreditáveis 80% de 2013 para 2014. A saída da Unimed pode ser o início de tempos sombrios no clube das Laranjeiras, conforme também analisado aqui no Blog.

Em sexto temos o Vasco da Gama (R$ 147,7 milhões), trazendo consigo uma grata surpresa. O clube reduziu sua dívida federal em 3,66% ao final de 2014 – sendo o único ao fazê-lo, além do arquirrival Flamengo. Para tanto, a equipe da Colina desembolsou R$ 14 milhões em pagamentos diversos, sendo agraciado com a tão esperada Certidão Positiva com Efeitos de Negativa. Trata-se de uma das certidões necessárias para credenciá-lo a receber recursos estatais, já que o Vasco era um dos patrocinados pela Caixa.

Infelizmente o levantamento não contempla dívidas anteriores do Internacional, mas ela foi agora a R$ 129 milhões. O oitavo é o Palmeiras (R$ 73,3 milhões), acendendo o sinal amarelo pelos sucessivos aumentos no montante devido. O nono é o Santos (R$ 66 milhões), em relativa estabilidade. Em décimo vem o Grêmio (R$ 40,9 milhões).

No fim da fila, Cruzeiro (R$ 19,7 milhões) e São Paulo (R$ 7,8 milhões) são aqueles com maior tranquilidade, possuindo dívidas em escala absolutamente administrável perante suas receitas. Entretanto, é bom ficar de olho na Raposa, pois seu aumento percentual no período 2013-2015 só perde para o do Atlético-MG.

Um grande abraço e saudações!

E-mail da coluna: teoriadosjogos@globo.com

Siga @vpaiva_btj

Curtam o Blog Teoria dos Jogos no Facebook!

16 comentários sobre “A dívida dos clubes perante a União – 2013/2015

    1. não se iluda, esse valor já vem desde a década de 80, década de 90 o flamengo já era o clube que mais devia ao governo, depois veio kleber leite e Edmundo silva. a patrícia não foi bem mas ela administrou o flamengo sem o maracanã, fez muita obra no ninho do urubu e passou o flamengo com contrato da adidas e com a globo. alguém acredita que se o márcio Braga fosse o presidente em 2011, ele teria rompido com o clube dos 13? o flamengo estaria recendo igual ao vice da gama.

  1. O aumento percentual da divida do Cruzeiro (79,49%) perde para o aumento percentual do atletico mineiro (126,67%) e para o aumento percentual do Fluminense (80,00%) entre 2013 e 2014….

  2. Vinicius, com relação ao Galo tem que verificar se estão incluindo no valor, os tributos federais sobre o imobilizado. Atlético e Inter foram os únicos times no Brasil que reavaliaram o valor de seus ativos no balanço. O galo, seguindo normas de contabilidade, lançou em seu passivo, os tributos federais caso tenha uma venda de ativos (equivale cerca de 34% do imobilizado). Essa matéria da placar explica melhor o que eu to dizendo.

    http://placar.abril.com.br/materia/qual-e-a-verdadeira-divida-do-atletico-mg

  3. A situação do Santos não é tão ruim como a mídia vem vendendo, lógico por que falar mal do Santos dá ibope entre o trio de ferro. O atrasos do Santos no final de 2014 foi jogado na mídia podre e lógico que existiram por quê o ex-presidente e membros do Conselho Gestor eram avalistas bancários e pegaram os últimos centavos do clube e pagaram os bancos e não pagaram os jogadores nos últimos três meses…Agora tem time de torcida gigante que abra os olhos, né SCCP!!!

  4. O Fluminense foi prejudicado pela má vontade dos procuradores da PGFN que, ao contrário do acordo que fizeram com o Flamengo e o Vasco, para que estes pudessem ter o patrocínio da CAIXA, jogaram duro e não aceitaram a proposta do clube, mesmo sendo esta mais vantajosa para a União do que a dos “coirmãos”, mais do que isto, fizeram a maldade de tirar o Fluminense do acordo com a Timemania, fazendo com que a dívida tricolor aumentasse exponencialmente somente com os juros, já que se tornara impagável.
    Agora, com as dívidas equacionadas no Refis e Timemania, o Flu certamente entrará no rol dos clubes que mais pagam suas dívidas com a União, mesmo com o pessoal da PGFN tentando cancelar nossos acordos na justiça.
    Resumindo, o Fluminense hoje nem depende mais da tal Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, tá tudo dominado.
    PS: Como tem gente preocupada com a situação do Fluminense neste blog, hein?
    Saudações Tricolores!

  5. PELO QUE EU ME INFORMEI O ATLÉTICO QUITOU UMA PARTE DESSA DIVIDA COM
    O DINHEIRO RETIDO DO BERNARD, E O PRESIDENTE ESTÁ PAGANDO AS PARCELAS MENSAIS E NÃO ACREDITO QUE BOTAFOGO QUE FOI REBAIXADO E FLAMENGO, CORINTHIANSQUE DEVE O BANCO PELO SEU ESTÁDIO DEVEM MENOS QUE O ATLÉTICO-MG.

    1. Sinto muito, Ana Paula, mas o Atlético MG está à beira da insolvência. Seu time está passando exatamente o q acaba de passar o Parma da Itália, q finalizou suas movimentações profissionais e irá continuar assim por um ou dois anos. A verdade é q as gestões anteriores oneraram os cofres atleticanos. Na verdade a dívida do Atletico é bem maior q esta divulgada pela impresa, já q esta fora calculada por meio de um balanço feito por funcionários do clube. Acaso o balanço tivesse sido feito por uma empresa terceirizada, como fez o Flamengo, a dívida atual do Atlético q gira em torno dos 500 milhões chegaria facilmente aos 650 milhões. O Atlético é o clube q mais deve a União e o q mais deve aos bancos. Por isso a previsão catastrófica feita pelo Amir Somogi é ainda bem menor do q vcs pensam. Pois é! Nada como um dia após o outro. O Flamengo, até Jun desse ano, já apresentou um lucro de 89 milhões, e o Atlético é o q mais se endividou, mais de 25 milhões. A coisa vai desandar, Ana! E aí quero ver em quem vcs e a imprensa bairrista irá botar a culpa, pq no juiz e na CBF não ver colar mais não. Quem é o time devedor agora? Hein?

      1. e ai meu bruxo, me diz uma coisa. Vc falou que o flamengo em JUNHO deste ano ja apresentava 89 milhoes de LUCRO, vc que se diz tao esperto, poderia me justificar o emprestimo para deixar os salarios em dia???
        pra mim, lucro é o que sobrou depois de pago todas as despesas, custos e impostos, sendo assim, nao teria necessidade de emprestimos para quitar os salarios ne??

        Pelas minhas contas, se 89 milhoes era o lucro, e vcs gastam por volta de 9/10 milhoes por mes com salarios e afins, com esse lucro, teriam folego para pagar 10 meses de plantel…

        me explica ai aonde vc tirou esse lucro??? nao entendi…

  6. ACERCA DO GALO; UMA DIVIDA FISCAL DAR UM SALTO DE 126% DE UM ANO PARA OUTRO SIGNIFICA JUROS SOBRE JUROS. EXISTE UMA LEI DE USURA. OUTROSSIM, O GALO REFINANCIOU SUA DIVIDA COM O GOVERNO. EU PERGUNTO: QUAL É A POSIÇÃO ATUAL, ENTÃO? E ME EXPLIQUE COMO O FLAMENGO CONSEGUIU AMORTIZAR 260 MILHÕES DE SUA DIVIDA? DE ONDE SAIU TANTO DINHEIRO?
    OU SUA DIVIDA ERA INJUSTA? NINGUÉM EXPLICA O MILAGRE.

    1. O choro é livre, filho! A resposta é simples! O Flamengo tem uma gestão modelo e Atlético, uma administração que combaliu os cofres do seu clube. Como vcs de BH só escutam Itatiaia, fica claro o pq de tanta alienação! Seu clube está a beira da insolvência, haja vista q nem o Diamond pertence mais ao Atlético. Está em dúvida para saber o q será do seu time? Entre no Google e digite: “Situação Parma Itália” e vc verá qual o futuro de vcs. E agora? Quem é o clube devedor, hein!

Deixe uma resposta